Logo topo

    Quinta, 22 Novembro 2018 01:53

    Um olhar sobre a Praça Sagrados Corações

    Escrito por José Eugênio Rocha

    Vários leitores deste jornal tem alertado para a situação precária da praça da Igreja. Desfigurada ao longo do tempo, há muito deixou de ser um espaço onde se possa descansar com tranquilidade. Os banheiros e qui-osques construídos em sua área interna, passam bem longe do bom senso estético ou de qualquer preocupação com as reais finalidades de um espaço de lazer.

    Em relação ao banheiro, é bom frisar. Não oferece condições mínimas de funcionamento; é precário em todos os sentidos. E convenhamos, instalar um banheiro(no diminutivo)bem no meio de um canteiro de praça vai muito além de um completo contrasenso. Basta dar uma olhada de perto e ver a desolação: canteiros pisoteados, mau cheiro, etc.

    Quanto aos quiosques,retirá-los, daria mais oxigênio à uma praça que, sabemos, não prima lá pela fartura de espaço. Lembre-se, de partida, que estão vazios e ao relento já faz um bom tempo. São os sinais mais visíveis da decadência de uma praça que não faz jus à posição que ocupa.

    A medida mais plausível e acertada seria providenciar um banho de revitalização, e com isso, devolver àquele local privilegiado, sua es-tatura e relevância.

    praca02

     

    praca03A localização privilegiada da praça Sagrados Corações tem atraído o interesse de empresários do setor de comércio. A abertura de novos pontos de atendimento faz crescer o movimento de transeuntes; Um projeto de revitalização da praça representa, portanto, um incentivo para o setor.

    Mais lidas

    Encontre-nos

    Edição atual

    jd110 capa

    © 2019 Jornal DAQUI - Todos os direitos reservados.