Logo topo

    Sexta, 08 Janeiro 2021 22:50

    Em São Gotardo, empresa de tecnologia investe na capacidade profissional das mulheres

    Escrito por José Eugênio Rocha
    Compartilhando as tarefas,  homens e mulheres dividem  espaço de igual pra igual na empresa. Compartilhando as tarefas, homens e mulheres dividem espaço de igual pra igual na empresa.

    A experiência que vamos conhecer agora aponta para uma direção que no futuro deverá ser bem mais comum que nos dias de hoje: mulheres ocupando cargos importantes, recebendo o mesmo salário que os homens, sendo tratadas com o respeito e dignidade que merecem.

    Exatamente por soar ainda um tanto utópico nos dias de hoje, é que a política de igualdade de direitos e oportunidades entre homens e mulheres, implantada na empresa Realtec, assume caráter de singular importância, repercutindo como exemplo de êxito empresarial.

    realtec01Dos 60 colaboradores, 31 são mulheres, nas mais variadas funções, inclusive em cargos de liderança.

     

    Uma sociedade patriarcal

    Ainda hoje, em pleno século XXI, persiste a cultura do patriarcado. Basta olhar, por exemplo, o perfil dos prefeitos eleitos. 90% deles são Homens. Este também é o percentual nos cargos de chefia, gerência... juízes, vereadores, empresários e donos de empresas...

    Mas essa realidade está mudando.

    Hoje, não restam mais dúvidas: quando o assunto é habilidade e competência profissional - respeitadas as características peculiares a cada gênero, como afinidade e vocação - , Homem e mulher estão em pé de igualdade. Nenhum é mais preparado ou qualificado que o outro.

    A emancipação dos direitos femininos deve ser compreendida como tarefa da sociedade como um todo. Ou seja, é responsabilidade tanto do homem como da mulher.

    "É uma mudança cultural e que deve começar na própria família. Tanto o pai como a mãe devem educar seus filhos nestes princípios. Um exemplo: as tarefas domésticas não são obrigação só da mãe e da filha, mas também do pai e do filho. É preciso romper com esses costumes onde o trabalho não remunerado é atribuição da mulher, enquanto que o remunerado é do homem." Palavras de uma das mulheres que comandam departamentos na empresa.

     

    A luta pela igualdade de direitos depende dos homens ou das mulheres?

    Esta foi uma das perguntas propostas durante a entrevista. Elas foram unânimes na resposta:

    "São dois esforços que devem caminhar juntos. Tanto pelo lado das empresas, que devem favorecer o crescimento profissional das mulheres, dando mais oportunidades, garantindo a igualdade de remuneração entre homens e mulheres que exercem a mesma função; E também pelo lado das mulheres, ela deve se preparar para conquistar seu lugar de direito. Se você achar que sua obrigação é apenas cuidar da casa e fazer a janta pro seu ma-rido, preocupada apenas em servir aos homens, então você nunca vai cres-cer como mulher, nunca vai conquistar outros valores além de ser uma dona de casa."

    “É importante lembrar que é perfeitamente possível conciliar o trabalho fora de casa com a vida de esposa e mãe de família. A mulher é muito cobrada; que todas as tarefas de casa, de educação dos filhos é responsabilidade dela, mas isso não é verdade, não pode ser assim." 

    4 mulheres ocupam cargos de liderança na empresa

    Dos 60 profissionais que trabalham na Realtec, metade é do sexo masculino, e a outra metade, feminino. Além desta equidade na balança do quadro funcional, as mulheres vêm conquistando os cobiçados cargos de liderança, isso por duas razões. Primeiro, pela liberdade de crescimento e reconhecimento de valores adotados pela diretoria, em segundo lugar, evidentemente por méritos e esforços delas.

    Os quatro departamentos da empresa são chefiados por mulheres, o de Recursos Humanos, o Comercial, Automação e Agronegócio. Para falar de suas experiências, desafios, paradigmas, e também aconselhamentos, o Jornal Daqui propôs uma entrevista coletiva com as profissionais Andreia, Carla, Ginianne e Sabrina, que ocupam o cargo de chefia nos respectivos departamentos. Elencamos abaixo os principais pontos abordados na entrevista. Veja:

    Sobre a Realtec

    No ano que vem, a Realtec completa duas décadas de existência, consolidando sua marca como principal fornecedora de sistemas de gestão empresarial. Hoje, sua área de atuação, além de São Gotardo, se extende a 49 municípios, em 7 estados, com ênfase em MG e GO.

    Seu produto pode ser melhor entendido como um programa de computador, que ao ser instalado numa empresa faz todo o trabalho administrativo. Ele vem sendo largamente utilizado, tanto no setor de comércio(varejo), indústria, como do agronegócio.

    O quadro funcional da empresa é composto principalmente por profissionais jovens, e de meia idade, em sua maioria com curso superior completo. São 60 colaboradores, sendo 29 homens e 31 mulheres.

    Informações e contato:

    Avenida José Bernardes Filho, 1205, Santa Terezinha, São Gotardo

    Fone  34 3671-2394 - www.realtec.com.br

     

     

     

     

     

    loading...
    + Lidas do mês
    Homenagem póstuma a Dr. Joaquim da Silva Pereira. Por ocasião de seu falecimento, ocorrido nesta semana, o Jornal DAQUI presta homenagem, reprisando a entrevista, publicada em março de 2018. Veja.
    Mais um veículo despenca de ponte sem proteção
    Início das obras marca construção do novo Fórum de São Gotardo
    ENTREVISTA - Jaqueline Luíza Santos - Secretária Municipal de Saúde
    Doe parte do seu Imposto de Renda para o FIA - SG Fundo da Infância e Adolescência de São Gotardo

    Encontre-nos

    Edição atual

    jd134 capa

    © 2020 Jornal DAQUI - Todos os direitos reservados.