Logo topo

    Sexta, 22 Março 2019 11:00

    Após julgamento, Autor de homicídio cumprirá pena em regime aberto

    Escrito por José Eugênio Rocha

    Foi levado a júri popular o réu Halisson Nogueira, e autor confesso de um homicídio ocorrido no distrito de guarda dos Ferreiros no ano de 2016. O julgamento, realizado no último dia 22 de fevereiro no forúm de São Gotardo, foi presidido pelo exmo. juiz da Comarca, Dr. Roberto Troster. Entre os atenuantes usados pela defesa, a qualificação como homicídio simples e por se tratar de réu primário. O autor Halisson Nogueira, 26 anos, vai cumprir a pena de 6 anos em regime aberto. Foi o que decidiu o corpo de jurados.

    Durante o julgamento, o promotor de justiça, Dr. Sérgio Álvares, lembrou o alto índice de homicídios no Brasil( em torno de 60 mil assassinatos cometidos por ano) ressaltando que uma das causas de índices tão alarmantes é a impunidade. O Réu já havia cumprido dois anos de detenção, complementando a pena final de 8 anos; praticamente a pena mínima para os enquadrados como homicídio simples, em que a detenção varia de 6 a 20 anos.

    O Crime

    Conforme relato registrado em boletim policial, no dia 7 de novembro de 2016 o crime se deu como consequência de uma discussão em um bar no distrito de Guarda dos Ferreiros: Assim narra o BO: um homem de 34 anos de idade morreu após se envolver em uma briga iniciada em um bar. 

    A vítima chegou a ser socorrida com vida, porem não resistiu aos vários ferimentos e faleceu no Pronto Socorro de São Gotardo. O autor do crime foi localizado e preso pela Polícia Militar de São Gotardo.

    Segundo informações da PM, a briga foi iniciada após um homem não concordar com o pagamento de uma conta gasta por ele e seus amigos em um bar conhecido como “Bar do Goiano”. Ao perceber a discussão, a vítima e proprietário do local, teria agredido o autor do crime, que prometeu se “vingar” da situação ocorrida.. Com a promessa feita, o autor voltou até o estabelecimento comercial e desferiu vários golpes de faca contra a vítima. Jalles M.C., de 34 anos e conhecido como “Goiano”.

    Após buscas, o autor do crime Hallisson foi localizado pela PM em sua residência em Guarda dos Ferreiros. O homem confessou ser o responsável por efetuar os golpes contra a vítima. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas.

     

    Encontre-nos

    Edição atual

    jd111 capa

    © 2019 Jornal DAQUI - Todos os direitos reservados.