Logo topo

    Quinta, 21 Fevereiro 2019 23:22

    CESG está entre as cinco melhores faculdades de Minas, diz avaliação do Ministério da Educação

    Escrito por José Eugênio Rocha
    João Eduardo Lopes Queiroz - reitor do CESG João Eduardo Lopes Queiroz - reitor do CESG

    Em nível de Brasil o CESG se posiciona hoje entre as 40 melhores, conforme critério de avaliação do MEC. A no-tícia foi publicada recentemente na revista Exame, de circulação nacional. Considerando apenas as faculdades de Minas Gerais foi alcançada também uma excelente posição, estando classificada entre as cinco melhores do Estado. Dentro deste contexto o CESG confirma uma evolução contínua, subindo mais alguns degraus em relação à avaliação anterior. Em 2016 estava entre as 100 melhores, e agora(ano base 2017), está entre as 40 mais bem avaliadas.

    De acordo com o reitor do CESG, João Eduardo Queiroz, vários fatores contribuíram para a elevação da nota. Ele cita, por exemplo, a criação do curso de Agronomia, a incorporação de um curso de doutorado em Ciências Penais, em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais. " Desde que foi fundado, em 2003, é objetivo permanente, traçar esforços visando melhorar os processos internos de gestão e nível educacional. Este trabalho vem recebendo o reconhecimento nas provas de avaliação ano a ano. Tão difícil quanto subir no ranking, é manter-se nele." pondera ele. Contribui ainda para a po-sição de destaque, o número limitado de cursos, o que facilita uma maior concentração de esforços por parte dos coordenadores e corpo do-cente, sem cair nas armadilhas da pulverização, como em alguns centros de ensino, que chegam a oferecer mais de uma dezena de cursos.

    Critérios de avaliação

    Além dos aspectos citados acima convém lembrar que a nota final do IGC(Índice Geral de Cursos) leva em contra cerca de 60 critérios de avaliação. Todos os setores têm responsabilidade como peso decisivo; uns mais, outros menos. O IGC avalia, por exemplo, a política de gestão administrativa, as políticas acadêmicas, incluindo a classificação dos professores. Neste item vale ressaltar que o CESG dedica especial atenção à formação acadêmica de seu corpo docente. Hoje, mais de 80% dos professores do CESG têm doutorado ou mestrado. Além de todos estes aspectos, o Ministério da Educação avalia também a sustentabilidade financeira da instituição. Neste quesito o CESG demonstrou uma evolução de investimentos de 320% nos últimos anos. Foram investidos recursos tanto na estrutura física como na instalação de laboratórios e novas tecnologias. Deve-se atentar também que o con-junto de critérios de avaliação inclui ainda os resultados do ENADE, que é o exame nacional de provas aplicadas aos alunos de cursos superiores. 

    Além das informações repassadas com o preenchimento de questionários de avaliação, técnicos do MEC fazem uma rigorosa inspeção através de visitas in loco.Neste quesito, aliás, o CESG tem obtido nota máxima.

    Quem ganha é o aluno

    São inúmeros os ganhos para os alunos que estudam em faculdades bem avaliada, a começar pelo aumento de oferta do FIES, um sistema de financiamento oferecido pelo Governo, bem como, facilitar o acesso de alunos às bolsas do PROUNI, em virtude dos resultados. Com o status alcançado pela excelente avaliação nos exames, o CESG torna-se referência como centro formador de profissionais, o que na outra ponta significa valorização de destaque para os alunos recém formados ao ingressarem no mercado de trabalho, aumentando sobremaneira as chances de se conseguir as melhores vagas de trabalho.

    O reitor João Eduardo aponta como causa natural para os resultados recentes uma exigente metodologia de trabalho: "Sempre buscamos como referencial as melhores faculdades do país. Ao mirar, como ponto de referência, nas faculdades mais bem conceituadas como USP e UFMG, o CESG direciona seus esforços em consonância com o que de melhor é oferecido pelas faculdades brasileiras. Nosso ponto de referência nunca se amparou em visão regionalista apenas, pois sabemos que se assim fosse jamais conseguiríamos alcançar estes resultados.

     

    Encontre-nos

    Edição atual

    jd112 capa

    © 2019 Jornal DAQUI - Todos os direitos reservados.