Logo topo

    Quinta, 02 Abril 2020 22:44

    ENTREVISTA | Secretária Municipal de Saúde – Leandra de Fátima Silva Costa

    Escrito por José Eugênio Rocha

    As cidades brasileiras se preparam e se reorganizam para conter ou minimizar os impactos de um surto epidêmico da COVID-19. Além das medidas assessórias para o enfrentamento, é no setor de saúde, por estar na linha de frente nesta guerra, que se concentra as principais ações de combate.

    Conversamos com a Secretária Municipal de Saúde, Leandra Costa, sobre as medidas e preparativos em curso. Além das adaptações e reestruturação do sistema de atendimento, foram abordados nesta entrevista temas relacionados, como o Isolamento Social, Testes e Grupos de risco. Veja:

    1- O isolamento social é o mais recomendado neste momento, correto?

    O isolamento social se faz necessário para prevenir a propagação do novo Coronavírus (COVID-19) e com isso diminuir o número de pessoas infectadas, achatando a curva de crescimento de novos casos. O afastamento/isolamento social é apenas uma das medidas na tentativa de controle do avanço do vírus e deve ser acompanhada das demais medidas de higiene e limpeza. É difícil determinar o tempo de isolamento social necessário para a quebra total desde ciclo.

    2- Como a senhora avalia o comportamento da população de São Gotardo neste momento de crise? O que precisa melhorar? Quais orientações da Secretaria Municipal de Saúde neste sentido?

    Apenas parte da população tem seguido à risca as recomendações de restrição social e medidas de higiene e limpeza, este comportamento dentro de algum tempo demonstrará a necessidade de medidas restritivas mais severas ou não.

    3- Quais as principais mudanças na estrutura de atendimento, implementadas para se adaptar á nova realidade? Considerado que a prioridade hoje é se preparar para um possível surto, como a saúde municipal está lidando com os casos normalmente atendidos, como partos, cirurgias eletivas, tratamentos fora de domicilio e doenças mais comuns?

    Os serviços de saúde de caráter eletivo foram todos suspensos até o momento com exceção apenas ao atendimento das consultas de gestantes. No que se refere ao atendimento de partos e cirurgias de urgência, esses serviços ainda permanecem. Já o tratamento fora de domicilio (TFD) permanece apenas os casos oncológicos, hemodiálise e cirurgias de alta complexidade relacionadas a cardiologia. Lembrando que estamos num momento de reduzir ao máximo o contato social para interromper a transmissão do Coronavírus.

    4- Há equipamentos e materiais suficientes, como luvas, álcool em gel... para os profissionais da saúde? Estando na linha de frente nesta guerra contra o Coronavírus, que outras medidas para evitar possível contaminação?

    No momento o município possui materiais e insumos para disponibilizar para os profissionais de saúde conforme nota técnica GVIMS/GGTES/ANVISA nº 04/2020 publicado em 30 de janeiro de 2020 e atualizada em 31 de março de 2020, sobre as orientações para os serviços de saúde: medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). As medidas preventivas para evitar a contaminação consiste nas recomendações de isolamento social voluntário, assepsia e medidas de higiene e limpeza, bem como a etiqueta da tosse (tossir no antebraço, utilizar somente lenços descartáveis, não tossir ou espirra nas mãos...).

    5- Em relação aos idosos, pertencentes ao grupo de risco, que medidas vêm sendo tomadas?

    Como os idosos são considerados grupo de risco para transmissão do COVID-19 cabe a família e aos responsáveis os cuidados de prevenção e a manutenção do isolamento social. Foi orientado ao Lar de Idosos a interrupção de visitação e a intensificação das medidas de higiene e distanciamento entre os idosos.

    6- Os laboratórios particulares devem ajudar na realização de exames?

    Em relação aos laboratórios particulares até na data do dia 31/03/2020 havia apenas 04 laboratórios credenciados pelo Ministério da Saúde para realização de exame, sendo eles: Hermes Pardini, Fleury (SP), Álvaro (BH) e Simile.

    7- É aguardada para a próxima semana um aumento número de casos. Com que previsões a Secretaria trabalha em relação ao possível número de infectados?

    A dificuldade de testagem em todos os pacientes sintomáticos impossibilita identificação real do número de contaminados pelo Coronavírus, apesar disso, todo paciente sintomático tem sido tratado como potencial portador do vírus e mantido em isolamento social.

    8- Nos epicentros da epidemia do mundo, têm sido demandados, em média, 2,4 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes, considerando hoje uma população de 50 mil pessoas em São Gotardo, há leitos de UTI suficientes para atender à esta demanda?

    população de São Gotardo, conforme estimativa do IBGE é de 35.469 habitantes. Se considerarmos a média dos demais países de 2,6 leitos de UTI a cada 10.000 habitantes,o município precisaria em média de 09 leitos. No entanto a expectativa é a adequação para 06 leitos de UTI para atender os usuários do SUS.

    9- E em relação aos Ventiladores/Respiradores artificiais?

    O município conta no momento com apenas 02 ventiladores pulmonares, sendo 01 instalado no pronto atendimento e o outro portátil no Hospital Municipal. Entretanto, o município está fazendo as adequações necessárias para a ampliação da aquisição desses equipamentos.

    10- Há previsão para a chegada de testes rápidos, considerando que a Testagem em massa tem se apresentado como arma fundamental para diagnosticar e isolar pacientes contaminados?

    O teste rápido é indicado apenas entre o sétimo e décimo dia do início dos sintomas, como febre e tosse. Não é recomendado para uso em toda a população, uma vez que não se consegue diagnosticar o início da doença. No entanto o MS irá disponibilizar testes rápidos para os municípios para serem utilizados apenas em profissionais que atuam na área da saúde e segurança pública que estejam com sintomas de COVID-19.

     

    loading...
    Dicas e Orientações
    Cuidados ao ir fazer compras

    Ida ao supermercado também exige cuidados para evitar contato com pessoas infectadas e superfícies contaminadas.
    Com…

    Saiba mais ...
    Como andar de carro com segurança: tire os vírus da cabine

    Motorista e passageiros precisam tomar cuidados para não levar o vírus de um local a outro; confira dicas…

    Saiba mais ...
    Quais são os sintomas do novo coronavírus?

    Febre, tosse seca, cansaço e dor de garganta podem ser sinais da doença covid-19.
    Os sintomas mais comuns do…

    Saiba mais ...
    Tudo o que você precisa saber sobre o novo coronavírus Sars-CoV-2

    Novo vírus foi identificado no início de janeiro na China.
    No dia 31 de dezembro de 2019, a OMS (Organização…

    Saiba mais ...
    © 2020 Jornal DAQUI - Todos os direitos reservados.